• Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

Problemas de coluna


Saber como cuidar da saúde da sua coluna é imprescindível, afinal ela é responsável por dar sustentação – ligando a cabeça aos quatro membros do corpo – proteger a medula espinhal e manter a flexibilidade para a movimentação do tronco.
Ainda mais atualmente em que se passa horas na mesma posição, muitas vezes de frente as telas na rotina corrida, o que faz com que se esqueça de se atentar à postura.

Problemas na coluna mais comuns

Escoliose

É uma curvatura anormal da coluna para um dos lados do tronco, podendo ser observada olhando o indivíduo de costas, o que difere da cifose e da lordose que são notados de perfil, pois o indivíduo observado de frente a coluna é sempre reta.

Tipos de escoliose

  • Congênita: má formação das vértebras durante a gestação;
  • Neuromuscular: associada à fraqueza muscular, paralisia cerebral,  espinha bífida e outros;
  • Idiopática: ainda não possui causa conhecida, 80% dos casos de escoliose são idiopáticos, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Cifose

Também conhecida como o indivíduo que é chamado de corcunda, é caracterizado como um problema de coluna que provoca uma curvatura anormal. Suas causas podem ser provenientes de traumas, desequilíbrio do sistema neuromuscular, herança genética ou osteoporose.

Lordose

É caracterizada pela lombar curvada para dentro, sendo normal o indivíduo possuir um pouco, porém é muito acentuada é chamada de hiperlordose, podendo dificultar os movimentos provocando dores e formigamento.

Causas: 

  • Discite: inflamação de disco intervertebral ou interarticular.
  • Acondroplasia: distúrbio do crescimento ósseo, que causa nanismo.
  • Espondilolistese: vértebra sai do alinhamento normal com a outra vértebra.
  • Cifose: curvatura da coluna vertebral que faz com que a parte superior das costas aparenta estar mais arredondada do que o normal.

Artrose

Também conhecida como osteoartrite da coluna ou espondiloartrose é o desgaste da cartilagem das articulações da coluna por influência de fatores genéticos e/ou traumas causados por levantamento de peso excessivo. É mais comum atingir idosos, porém pode acontecer em qualquer fase da vida.
Aqueles que apresentam esse problema sofrem de dores intensas nas costas levando até a dificuldade para levantar da cama, podendo tratar por meio da fisioterapia, uso de medicação e cirurgia.

Cervicalgia

Dores na coluna também podem surgir na região do pescoço, denominada como cervicalgia. Aparece de forma súbita e está associada a movimentos bruscos ou traumas, com isso pode causar o conhecido torcicolo. O tratamento pode ser através de medicamentos, fisioterapia, repouso e atividades físicas regularmente com acompanhamento de um profissional.

Hérnia de disco

Também chamada de deslocamento de disco ou ruptura do disco intervertebral, é resultado do desgaste dos discos intervertebrais. Algumas causas da hérnia de disco são: envelhecimento, tabagismo, pouca ou ausência da prática de exercícios físicos, além da predisposição genética.

Lombalgia

É caracterizada como uma dor na região lombar inferior, a tão conhecida dor nas costas, um problema muito recorrente, sendo a segunda causa mais comum da procura por consultas médicas gerais. Pode ocorrer por causa repentina, resultado de um acidente ou pelo excesso de esforço ao levantar um objeto muito pesado ou também se desenvolver com o tempo pelo envelhecimento natural.

Atenção aos sintomas

Nem sempre os sintomas de alerta para problemas na coluna se manifestam nessa região, podendo surgir dores de cabeça, nas pernas, pescoço, ombros e braços.

Prevenção

Algumas medidas como: redução de estresse, praticar exercícios físicos com frequência, atenção a saúde óssea, não fumar e atentar-se a postura no cotidiano são essenciais para o cuidado da saúde da coluna.
Agora que você já conhece os problemas de coluna, marque uma consulta com um de nossos ortopedistas e lembre-se: vá de máscara.





Newsletter

Estamos constantemente fornecendo conteúdos institucionais, oportunidades e dicas de saúde. Para recebê-los, inscreva-se em nossa Newsletter.


Não enviamos SPAM

Bee Creative