• Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

Saúde preventiva da mulher


Elas trabalham, cuidam dos filhos, da casa e por aí vai. As mulheres são cada vez mais multitarefas. Para aguentar essa intensa carga de atividades, é fundamental manter a saúde em dia, cuidando especialmente da prevenção.

Quando se fala em saúde feminina, automaticamente costuma-se pensar em câncer de mama. Realmente, essa é uma doença séria, que exige muita atenção da sociedade. No entanto, não podemos esquecer das outras doenças – muitas delas são ainda mais frequentes em mulheres do que o câncer de mama.

Por isso, preparamos uma lista com algumas das doenças que mais afetam as mulheres e algumas dicas de prevenção. Confira!

Doenças cardiovasculares

Afetam o coração e os vasos sanguíneos. Os principais fatores de risco são comportamentais, como dietas inadequadas, sedentarismo, tabaco e uso nocivo do álcool. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo.

A prevenção requer a adoção de hábitos alimentares saudáveis, com frutas e verduras, alimentos integrais e gorduras de boa qualidade. Também é essencial a atividade física regular, o consumo moderado do álcool e não fumar. O diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento.

Depressão

A OMS estima que a depressão será a doença com maior impacto até 2020 e, por algum motivo ainda desconhecido, ela é mais comum em mulheres. Os sintomas são falta de interesse pelas atividades, tristeza, cansaço excessivo, baixa auto-estima, entre outros.

Para evitar o desenvolvimento de um quadro depressivo, é necessário ter uma dieta balanceada, pois os alimentos contêm nutrientes que estimulam o nosso cérebro a produzir hormônios relacionados ao bem-estar. Também é importante controlar o estresse, fazer exercícios físicos, ter hobbies e sempre encontrar um tempo para cuidar de si mesma.

Câncer de colo de útero

De acordo com o INCA, é o 3º tipo de câncer que mais afeta as mulheres, atrás do câncer de mama e do colorretal. Alguns dos sintomas são sangramento irregular, dor e corrimentos. Consulte-se regularmente com o ginecologista, pois o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento. Além disso, a vacina contra a doença também é uma excelente forma de prevenção, bem como o uso da camisinha.

Osteoporose

Consiste na perda da massa óssea e afeta as mulheres principalmente na fase da pós-menopausa, com a queda do hormônio estrogênio, que deixa os ossos porosos. As mulheres com essa doença sentem dor e normalmente diminuem em estatura, além de ficaram mais suscetíveis a outras doenças. Para a prevenção, é necessário, desde cedo, fazer exercícios físicos, para alcançar o pico da massa óssea e desenvolver a musculatura. Também é importante consumir alimentos ricos em cálcio e vitamida D, que cuidam especialmente da saúde dos ossos.

Gostou das dicas? Então comece hoje mesmo a cuidar melhor da sua saúde, para viver mais e com mais qualidade de vida!

A Clínica da Cidade pode te ajudar. Temos especialistas em saúde feminina para todas as idades, por preços justos com o seu bolso! Já fez seu check-up este ano? Marque uma consulta!





Newsletter

Estamos constantemente fornecendo conteúdos institucionais, oportunidades e dicas de saúde. Para recebê-los, inscreva-se em nossa Newsletter.



Não enviamos SPAM

Bee Creative