• Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

Sopro no coração: o que é?


O sopro no coração ou sopro cardíaco é uma sensação auditiva produzida por uma série de vibrações, um ruído semelhante ao de alguém soprando em seu ouvido. Em geral, a causa do sopro é pela passagem reduzida do orifício de uma valva cardíaca ou quando ela não se fecha de maneira correta e permite que o sangue volte para o coração.

O sopro mais comum provém de uma valva cardíaca, entretanto existem vários tipos de sopro, como o sopro de dilatação cardíaca e o de obstrução de alguma artéria.

Sintomas

Os sopros chamados funcionais ou inocentes são comuns em crianças e não apresentam sintomas. Porém, um sopro anormal que é identificado por meio de uma avaliação com o estetoscópio através do médico, pode indicar um problema cardíaco, sobretudo se há a presença de outros sintomas, como:
  • Pele azulada
  • Falta de apetite
  • Inchaço
  • Cianose (mãos, línguas e lábios arroxeados)
  • Falta de ar
  • Desmaio
  • Transpiração intensa com pouco esforço
  • Dor no peito
  • Tontura
  • Problemas de crescimento (em crianças)
  • Tosse crônica
  • Veias do pescoço aumentadas

Fatores de risco

Doenças pré-existentes como problemas cardíacos anteriores: radioterapia próxima do peito, infarto anterior, hipertensão, endocardite anterior, cardiomiopatia, hipertensão pulmonar, histórico familiar de doenças cardíacas,  assim como o uso de alguns medicamentos e ingestão de bebidas alcoólicas e drogas durante a gravidez, podem ser fatores de risco para sopro patológico.

Prevenção

Quando o sopro cardíaco for normal não é preciso realizar nenhum tipo de tratamento, já em casos de sopro anormal, geralmente é necessário tratamento adequado, dependendo das causas. Sendo importante realizar check-up médico periodicamente.

Alguns hábitos de um estilo de vida mais saudável podem prevenir o sopro no coração:

  • Controle da pressão arterial e colesterol
  • Ingerir alimentos mais saudáveis, evitar frituras, sal em excesso e processados
  • Consumo de bebidas alcoólicas com moderação
  • Praticar exercícios físicos com regularidade
  • Reduzir o estresse
  • Não fumar

Diagnóstico e tratamento

Através do exame chamado de Ecocardiograma, pode-se ter mais detalhes sobre o problema verificando se manifesta ou não uma doença. Nos casos simples, é possível tratar por meio de medicamentos que aliviam os sintomas, já em casos mais avançados pode ser necessário procedimento cirúrgico. Uma vez que não tratado adequadamente, o sopro patológico pode levar a complicações graves no coração bem como hipertensão pulmonar.

Marque já sua consulta com um de nossos cardiologistas e lembre-se, vá de máscara!





Newsletter

Estamos constantemente fornecendo conteúdos institucionais, oportunidades e dicas de saúde. Para recebê-los, inscreva-se em nossa Newsletter.


Não enviamos SPAM

Bee Creative